Lisboa
28 Nov, Sunday
9° C
TOP

Harry Potter: conheça referências de Portugal

Se você é fã de Harry Potter e não sabia que J. K. Rowling morou em Portugal por um tempo, este é seu lugar. Quando  descobri esse “detalhe”, comecei a pesquisar todas as referências da autora no país e aqui estão todas que encontrei. Caso você saiba de alguma que não esteja aqui, por favor, deixe nos comentários e editaremos o post!

 

História

A autora que mais vendeu livros na história morou por um tempo em Porto, cidade em que lecionava inglês em uma escola. Na cidade, ela conheceu e se casou com um português, além de ter tido uma filha com ele. Apesar do boato sobre JK ter sofrido violência doméstica, nada foi confirmado por ela.

Quem foi Salazar?

Salazar foi um ditador português que tinha como objetivo a construção do Estado Novo e via com maus olhos tudo que era estrangeiro, como se fosse uma forma de contaminação da pureza do sangue português. O período ditatorial comandado por ele inspirou o nome do co-fundador de Hogwarts, o qual queria aceitar apenas alunos de “sangue puro”, mas acabou fracassando, como o ditador português.

Corredores de Hogwarts

A arquitetura conta com obras de profunda influência do estilo gótico. Dentre elas, o Mosteiro dos Jerónimos em Belém e o Claustro da Catedral da Sé, em Porto. Na série de JK, os corredores da Hogwarts também são influenciadas por este estilo artístico:

Fonte: Flickr Jordana Faria

Escadas de Hogwarts

As escadas que se movem de Hogwarts foram inspiradas nas escadarias da livraria Lello, em Porto. Mas lembre-se que as escadarias foram inspiradas e não são idênticas às dos livros:

Fonte: Instagram misviajesss

Café Majestic

Apesar do local não aparecer na obra como uma referência, era um dos locais preferidos da autora para escrever os três primeiros capítulos de sua obra:

Fonte: Flickr Jordana Faria

A capa do Harry Potter e dos outros alunos

As famosas capas dos alunos de Hogwarts foram inspiradas em trajes acadêmicos de universitários portugueses. De acordo com a tradição, os estudantes levam 8 fitas na vestimenta, as quais são “queimadas” na tradicional festa Queima das fitas, usualmente em maio:

Fonte: Codaltex

Agora que você conhece quais são as principais inspirações de Portugal para a obra, aproveite para encaixar essas curiosidades em suas viagens!

Post a Comment